Artigo



Dados vol. 62 n. 1 Rio de Janeiro 2019-05-20 2019

O Mercado da Soja no Sudeste de Mato Grosso (Brasil): uma Análise das Relações entre Produtores Rurais e Empresas a partir da Sociologia Econômica

Wesz Junior, Valdemar João

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a forma com que são construídas e mantidas as relações comerciais entre as empresas e os produtores de soja no sudeste Mato-Grossense (Brasil), valendo-se da sociologia econômica como principal abordagem teórico-metodológica. Para tanto, conciliou-se um amplo conjunto de técnicas de pesquisa de natureza qualitativa e quantitativa, como revisão bibliográfica, análise estatística, entrevistas semiestruturadas e observação participante. Os resultados apontam que apesar de a soja se caracterizar como um mercado padronizado, com preço estabelecido internacionalmente, pautada em um comércio global, dominada por empresas transnacionais e com expressiva participação dos grandes proprietários rurais, isto não significa que esse mercado esteja protegido das dinâmicas locais e imune à influência e interferência das questões sociais, históricas, políticas e culturais. Apesar do preço do produto, das condições de pagamento, dos prazos etc. serem fatores condicionantes da transação mercantil, em muitas situações eles não são os elementos determinantes dessas relações, que perpassa o histórico de relacionamento, confiança, amizade, vínculos familiares, reciprocidade, valores morais, reputações etc.

Palavras-chave: mercado da soja; relações de troca; sociologia econômica; Mato Grosso

DOI: 10.1590/001152582019170

Texto completo

Press release