Artigo



Dados vol. 57 n. 3 Rio de Janeiro jul./set. 2014

A Tese da Singularidade Brasileira Revisitada: Desafios Teóricos Contemporâneos

Tavolaro, Sergio B. F.

Resumo

A tese da singularidade brasileiraé a ideia-força mais penetrante do pensamento social brasileiro. Como nenhuma outra, ela tem logrado circunscrever e orientar a agenda de reflexão e pesquisa acerca da experiência social no país. Vislumbrada como singular em relação a outras, a sociedade brasileira é tornada uma categoria analítica e, na mesma proporção, em um objeto de investigação privilegiado, merecedor de esforços explicativos e interpretativos específicos. Por meio de uma análise de alguns dos mais célebres exercícios de interpretação do Brasil, o presente artigo pretende revisitar essa tese, interpelando-a em algumas de suas principais manifestações, com o propósito inicial de identificar os elementos que a consubstanciam. Almeja, em segundo lugar, avaliar como ela reage aos crescentes desafios lançados contra o discurso sociológico da modernidade por elaborações teóricas contemporâneas, dentre as quais o debate em torno da modernidade global, das modernidades múltiplas, da condição pós-colonial e da decolonialidade do saber/poder.

Palavras-chave: teoria social; teoria sociológica; modernidade; singularidade brasileira; pensamento social brasileiro.

DOI: 10.1590/00115258201420

Texto completo